NOV. 25, 2021 16:48:30

Suíno: quinta-feira (25) com mercado andando de lado

O mercado de suínos terminou esta quinta-feira (25) com preços, na maioria, estáveis. De acordo com análise do Cepea/Esalq, o poder de compra dos suinocultores em novembro caiu frente ao mês anterior, interrompendo, portanto, o movimento de recuperação que vinha sendo observado nos últimos meses, sobretudo frente ao milho. 

Em São Paulo, de acordo com a Scot Consultoria, a arroba do suíno CIF ficou estável em R$ 140,00/R$ 145,00, assim como a carcaça especial, valendo R$ 10,40/R$ 10,80 o quilo.

No caso do animal vivo, conforme informações do Cepea/Esalq, referentes à quarta-feira (24), houve aumento apenas no Paraná, na ordem de 0,15%, chegando a R$ 6,57/kg. Ficaram estáveis os preços em Minas Gerais, custando R$ 7,47/kg, valor de R$ 6,34/kg no Rio Grande do Sul, R$ 6,72% em Santa Catarina e R$ 7,73/kg em São Paulo.

Ainda que o mês de novembro esteja se encaminhando para o final, o que, em tese, colocaria pressão de baixa no preço do suíno, nesta quinta-feira (25) as principais bolsas de suínos do mercado independente registraram cotações estáveis ou em alta. Apesar disso, lideranças ainda se preocupam, já que os valores pagos pelos animais ainda está abaixo dos custos de produção, e a sinalização é de terminar 2021 no prejuízo. 

Leia mais:

+ Suinocultura independente: melhoram expectativas para o setor neste final de ano, mas agentes são unânimes em dizer que prejuízos estão consolidados