JAN. 14, 2021 10:45:00

Pedidos de auxílio-desemprego nos EUA aumentam mais do que o esperado

WASHINGTON (Reuters) - O número de norte-americanos que entrou com pedidos de auxílio-desemprego pela primeira vez saltou na semana passada, confirmando o enfraquecimento das condições do mercado de trabalho conforme a piora da pandemia de Covid-19 afeta as operações em restaurantes e outras empresas.

Os pedidos iniciais de auxílio-desemprego totalizaram 965 mil, em dado ajustado sazonalmente para a semana encerrada em 9 de janeiro, contra 784 mil na semana anterior, informou o Departamento do Trabalho nesta quinta-feira.

Economistas consultados pela Reuters projetavam 795 mil pedidos na última semana.

(Reportagem de Lucia Mutikani)