MAI. 11, 2021 08:17:00

Futuros do aço na China tocam máximas recorde e minério de ferro amplia rali

Por Min Zhang e Shivani Singh

PEQUIM (Reuters) - Os futuros do vergalhão de aço na China fecharam em máximas recorde nesta terça-feira, chegando a subir até 6,7%, à medida que preocupações com restrições à produção e a forte demanda sazonal ofuscaram ajustes de taxas por bolsas.

O órgão planejador estatal pediu a governos locais que concluam uma "autofiscalização" de seus projetos de aço e apresentem planos de cortes de produção para o ano em meados deste mês, antes da realização de inspeções presenciais em junho e julho.

O anúncio, visto como preparativo para mais restrições à produção siderúrgica, vem enquanto os preços industriais na China avançaram ao maior ritmo em mais de três anos no mês passado.

"A atual demanda por materiais de construção ainda está robusta", escreveram analistas do CITIC Futures em nota.

O contrato mais negociado do vergalhão de aço na bolsa de futuros de Xangai, para entrega em outubro, fechou com ganhos pela sexta sessão consecutiva, com alta de 4,6%, a 6.086 iuanes por tonelada (947,15 dólares).

O contrato de referência do minério de ferro na bolsa de commodities de Dalian, para setembro, subiu pela quarta sessão seguida, ao encerrar com ganhos de 1,7%, a 1.307 iuanes por tonelada.

Os preços do minério de ferro com 62% de teor para entrega na China avançaram 19 dólares, para 231 dólares por tonelada na segunda-feira, segundo dados da consultoria SteelHome.