Produtores de trigo aguardam leilões de apoio à comercialização do Governo Federal

Os produtores de trigo aguardam medidas que visam garantir o pagamento do preço mínimo do cereal. A portaria que permite realizar os leilões de Prêmio Equalizador Pago ao Produ...
Por Bolsa Brasileira de Mercadorias BBM
07/11/2016

Produtores de trigo aguardam leilões de apoio à comercialização do Governo Federal

Os produtores de trigo aguardam medidas que visam garantir o pagamento do preço mínimo do cereal. A portaria que permite realizar os leilões de Prêmio Equalizador Pago ao Produ...
Por Bolsa Brasileira de Mercadorias BBM
07/11/2016

Os produtores de trigo aguardam medidas que visam garantir o pagamento do preço mínimo do cereal. A portaria que permite realizar os leilões de Prêmio Equalizador Pago ao Produtor Rural (Pepro) e Prêmio para o Escoamento do Produto (Pep) tramita em Ministérios em Brasília e deve sair nos próximos dias.

 

O objetivo dos leilões é garantir o preço mínimo ao produtor de trigo. Em entrevista ao Canal Rural, o secretário de Política Agrícola, Neri Geller, adiantou que a intervenção do governo no mercado de trigo será de R$ 150 milhões de reais por meio de PEPRO e PEP.

 

Os produtores que vão participar dos leilões deverão estar cadastrados no SICAN - Sistema de Cadastro Nacional de Produtores Rurais da CONAB, no SICAF e não estarem em situação irregular no CADIN na data do leilão. Além disso, precisam estar cadastrados na Bolsa Brasileira de Mercadorias através de corretoras associadas.

 

“O produtor precisa se preparar para o leilão e estar apto para participar. Para isso, todas as unidades da BBM e as nossas corretoras associadas estão preparadas para prestar informações e tirar as dúvidas dos produtores e cooperativas” afirmou Cesar Henrique Costa, diretor da Bolsa Brasileira de Mercadorias. 

Últimos Posts