Destaque

AGO. 29, 2018

Nasce aplicativo para compra e venda de produtos agrícolas

Com mais de 30 anos de expertise no mercado, a Bolsa Brasileira de Mercadorias traz uma tecnologia inovadora. Depois de dois anos de planejamento, nasce o Bolsa Agro, aplicativo para compra e venda de produtos agropecuários. “É uma forma de unir a tecnologia a favor da experiência dos corretores, proporcionando aos produtores e cooperativas anunciarem seus produtos diretamente na Bolsa através de um mecanismo moderno e rápido. Desta forma, o produtor consegue fazer o melhor negócio, visto que a sua intenção de venda será multiplicada para todos os potenciais compradores", afirma o diretor da Bolsa Brasileira de Mercadorias, Cesar Henrique Bernardes Costa.

 

 

As ofertas de compra ou de venda são originadas no aplicativo pelos próprios ofertantes, gratuitamente, por meio de smartphones ou tablets. Depois de um simples cadastro, o produtor seleciona qual produto quer comercializar, informa as suas características e o corretor da Bolsa busca o melhor negócio. Com a efetuação do registro do interesse de venda do produto, em poucos minutos, potenciais compradores de todo Brasil e do exterior terão acesso ao anúncio.

 

A Bolsa Brasileira de Mercadorias é a  maior rede de corretoras do país e tem mais de 500 operadores atuantes no agronegócio, além de mais de 130 corretoras associadas, espalhadas em diferentes regiões do país. Priorizando também a segurança dos agentes, os negócios realizados a partir dos anúncios no aplicativo Bolsa Agro serão registrados na plataforma da Bolsa, que conta ainda com o amparo da Câmara Arbitral, órgão responsável por solucionar conflitos.

 

O pré-lançamento do aplicativo Bolsa Agro aconteceu nesta quarta-feira (29) na Casa do Instituto Rio Grandense do Arroz (Irga), durante a 41ª Expointer em Esteio (RS).

 

 

O Bolsa Agro estará disponível para Android e iOS.

 

Acesse o site oficial do Bolsa Agro

 

Quem Somos

Bolsa Brasileira de Mercadorias, mantenedora do aplicativo Bolsa Agro, é uma associação civil sem fins lucrativos, com quadro social constituído por mais de 130 corretoras de mercadorias estabelecidas em várias regiões do Brasil.

 

Sediada na cidade de São Paulo (SP)  e com filiais nas cidades de Porto Alegre (RS), Curitiba (PR), Uberlândia (MG) e Rio de Janeiro (RJ), seu objetivo é organizar, desenvolver e promover o funcionamento do mercado, por meio de sistemas de negociação, transações com mercadorias, bens e serviços. A Bolsa é resultado da fusão operacional de oito bolsas de mercadorias regionais e tem mais de 30 anos de experiência na comercialização de produtos agropecuários.

 

A Bolsa Brasileira de Mercadorias é também responsável pela divulgação e realização dos leilões da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), empresa pública federal vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).

 

Últimos Posts