Destaque

MAI. 04, 2017

Contratos de opção de milho são 100% negociados

A Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB) realizou hoje três operações de apoio a comercialização do milho. No leilão de PEPRO (Prêmio Equalizador Pago ao Produtor Rural) foram comercializados 82,06% do milho ofertado, ou seja, 164 mil toneladas.

O valor do leilão de PEPRO fechou em R$ 7.790 milhões. As corretoras associadas a Bolsa Brasileira de Mercadorias, ficaram com 84% dos lotes ofertados. O leilão é destinado aos produtores que comprovarem a venda do milho para suinocultores, criadores de bovinos, indústrias de ração com escoamento para os destinos publicados no edital.

Já no leilão de PEP (Prêmio para Escoamento de Produto) apenas 9,6% do milho ofertado foi negociado. Uma sobra de 180 mil toneladas. A operação fechou em R$ 828.760 mil. As corretoras associadas a BBM operaram 80% do milho disponível.

Nos contratos de opção, todos os 7,4 mil contratos foram negociados. O prêmio que a princípio era de R$ 40,20 por contrato de 27 toneladas, saltou para R$ 456,00 por contrato. Nesta operação a Conab arrecadou R$ 3.374 milhões. As corretoras associadas a Bolsa Brasileira de Mercadorias levaram 19% dos contratos negociados.

Vale lembrar que nesta modalidade os produtores têm até o dia 11 de setembro de 2017 para confirmar que exercerão o direito de venda do produto à entidade. O valor será de R$ 17,87 a saca de 60kg.

Últimos Posts