Destaque

JUN. 09, 2017

Conab opera 5º leilão para apoio à venda de milho no MT

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) realizou nesta quinta-feira (8) mais três leilões de apoio aos produtores de milho em Mato Grosso. No leilão de Prêmio Equalizador Pago ao Produtor Rural (Pepro), foi negociada a venda e escoamento de 589,5 mil t do grão das 800 mil t disponibilizadas, ou seja, 73,7% do volume.

 

Para a diretora comercial da Trans Labhoro, Andrea Cordeiro, o PEPRO é a ferramenta mais assertiva da CONAB para ajudar os produtores rurais. “A região 1 do Mato Grosso foi bem demandada nas primeiras rodadas do leilão, porém no final acabou tendo uma sobra. O valor do fechamento ficou no limite de composição de preço. No lote 2 a procura começou tímida, mas foi 100% negociado. Lote 3 foi um pouco abaixo de 40%, não houve demanda o suficiente para quantidade” afirmou a diretora.

 

Já no de Prêmio para o Escoamento ao Produto (PEP), o prêmio é relativo a um total de 267 mil t do produto das 330 mil toneladas disponíveis. Neste leilão a Conab fez um reajuste de volume comparado aos leilões anteriores de PEP, mas ainda assim terão outros, é o que afirma Andrea. “Está realmente sobrando. É provável que a Conab faça um outro reajuste para o próximo. Eu volto a afirmar que eles vão ajustar o excedente do PEP com o PEPRO nas regiões 1 e 2”.

 

 No caso dos Contratos de Opção, foram negociados todos os 7,4 mil contratos para venda de milho em grãos ofertados na operação, das safras 2016/17 e 2017, também para o estado de Mato Grosso. Por meio deste instrumento, os produtores arrematantes podem vender milho em grãos ao governo federal até 15 de setembro deste ano, pelo preço de R$ 17,87 a saca de 60 kg. “É uma ferramenta excelente, com isso a Conab acaba conseguindo um maior interesse um maior percentual de chance de exercer essa opção e repor os estoques” ressaltou Andrea.

 

Para o diretor da Cerealpar, Roberto Stringari, os leilões da Conab de uma maneira geral estão bem satisfatórios, uma vez que eles estão cumprindo seu papel que é equalizar o preço mínimo do milho atendendo uma demanda do produtor rural.

 

Até agora, considerando os leilões realizados, foram adquiridos 37 mil contratos de opção, o que corresponde a 1 mil toneladas de milho. Em operações de Pepro a oferta totaliza 2,5 milhões de toneladas, com negociação para venda e escoamento de 1,8 milhão de t. Já em PEP o apoio foi de 1,8 milhão de t de milho e apenas 690 mil toneladas foram arrematadas.

 

Clique aqui para encontrar uma de nossas corretoras associadas.

Últimos Posts