Destaque

AGO. 24, 2018

Câmara Consultiva do Algodão debate desafios do setor

Na última quinta-feira (23), a Câmara Consultiva do Algodão esteve reunida na sede da Bolsa Brasileira de Mercadorias, no centro de São Paulo.  Representantes de diferentes entidades do setor estiveram presentes, entre elas: Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa), Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (Abit), Associação Nacional dos Exportadores de Algodão (Anea) e corretoras de algodão da própria Bolsa Brasileira de Mercadorias.

 

 

Os participantes foram apresentados ao sistema de assinatura digital, uma das novidades da Bolsa Brasileira de Mercadorias para compra e venda de algodão em pluma.  “A Bolsa, no seu permanente compromisso de dar segurança ao mercado, está em fase final de implantação das assinaturas eletrônicas e digitais. A versão final do sistema recebeu excelente avaliação e aceitação   das entidades do mercado algodoeiro”, destacou o presidente da Câmara, Rodrigo Santiago.

 

 

Sérgio Armando Benevides Filho, representante da ABIT em Fortaleza (CE), participou da reunião por videoconferência e falou, em entrevista, sobre os desafios que a indústria enfrenta, com o preço do algodão em pluma mais alto. Hoje, o preço do algodão no mercado físico, está em torno de 3,20 reais por libra peso. Há um ano, o preço estava em torno de 2,50 reais por libra peso.  “Para o processo de fiação, o aumento do preço do algodão é muito alto, porque ele corresponde, normalmente, a 33% do custo, agora, chega a 46% e nós não estamos conseguindo repassar isso. Nós já tivemos um preço maior de algodão em 2010, quando chegou a 4,00 reais por libra peso, mas, naquela época, o Brasil cresceu 10% no ano anterior. Este ano é outro cenário, a economia ainda está em recessão”, resumiu.

 

O grupo ainda destacou outros desafios enfrentados pelo setor, como aumento do preço da energia elétrica e custos logísticos envolvendo, principalmente, o frete.  Com o dólar mais alto, a expectativa é que haja um freio na importação da matéria-prima. Em uma semana, a moeda norte-americana avançou acima de 5% na comparação com o real, ultrapassando os R$ 4,00 (dólar comercial). Também há uma expectativa de alta nas vendas de varejo para o segundo semestre do ano, seguindo uma tendência de mercado que aponta para um aumento natural de consumo com a proximidade do Natal.

 

Câmara Consultiva do Algodão da BBM

A Câmara Consultiva do Algodão da BBM - Bolsa Brasileira de Mercadorias tem por objetivo, além de promover a integração das entidades participantes que atuam no setor algodoeiro (ABRAPA, ABIT, ANEA e BBM) estudar, discutir e propor medidas para incrementar e valorizar a produção, a comercialização, a industrialização e a exportação de algodão em pluma.

 

Cabe à Câmara Consultiva do Algodão realizar estudos e análises sobre as matérias relacionadas ao setor algodoeiro; estudar, discutir propostas e procedimentos relacionados às diversas modalidades de operações comerciais com o algodão; analisar e discutir estudos apresentados pelas entidades participantes da Câmara, bem como estudar, discutir propostas e sugerir procedimentos relacionados aos leilões de algodão em pluma realizados pelo Governo Federal.

 

Confira a matéria sobre o lançamento da assinatura digital

Últimos Posts