BolsaAgro CPR é destaque em evento do Jornal Estadão

O evento aconteceu na capital paulista
Por Bolsa Brasileira de Mercadorias BBM
14/11/2019

BolsaAgro CPR é destaque em evento do Jornal Estadão

O evento aconteceu na capital paulista
Por Bolsa Brasileira de Mercadorias BBM
14/11/2019

Tecnologia, inovação e soluções para o campo, estes foram os temas que nortearam as discussões em dois palcos com apresentações simultâneas na quinta edição do Summit Agro, evento realizado pelo Jornal Estadão na capital paulista durante a quarta-feira (13). O público foi formado por empresas do ramo e formadores de opinião. O evento foi aberto por Francisco Mesquita, CEO do Grupo Estado. Também estiveram presentes na abertura, o governador do estado de São Paulo, João Dória, e o secretário da Agricultura e Abastecimento de São Paulo, Gustavo Junqueira.

 

No palco Finthech foram apresentadas cinco tecnologias focadas em facilitar e agilizar procedimentos burocráticos que fazem parte da rotina do campo. Entre elas, esteve em destaque a plataforma BolsaAgro CPR, um serviço desenvolvido pela Bolsa Brasileira de Mercadorias em parceria com a Seges Agro, para emissão e criação digital de Cédula de Produto Rural, um dos títulos mais importantes do agro nacional. “Foi um ótimo evento, onde tivemos a oportunidade de mostrar essa tecnologia que está totalmente alinhada com o painel e com o evento”, destacou o diretor-geral da Bolsa, Cesar Costa, que fez a apresentação. Na sequência, o palco Finthech se transformou em Agtech, chamando outros cinco convidados.

 

 

No palco paralelo ao lado, importantes painéis trataram de discussões do setor que foram, desde exportações e as exigências do mercado internacional, passando pela conectividade no campo, tecnologia 4.0, gargalos logísticos e a preservação ambiental dentro de um agro sustentável.

 

Andrea Cordeiro, diretora do Grupo Labhoro, corretora associada à Bolsa Brasileira de Mercadorias, foi uma das convidadas ao debate. “O evento é muito importante porque fala de temas polêmicos, mas necessários. Temos uma facilidade grande em nos comunicarmos com nosso público no Brasil que nosso agro não é só eficiente e sustentável mas é também um agro seguro. Mas a nossa limitação é grande em relação ao mercado externo. O país precisa muito investir em comunicação e em vender o agro como ele realmente é e não como as pessoas o julgam", contextualizou. 

 

 

O Summit Agronegócio 2019 aconteceu no Hilton Hotel, na Zona Oeste de São Paulo. 

 

 

Confira quem foram todos os palestrantes do evento

 

Últimos Posts