Bolsa Agro CPR marca presença no Conacredi 2019

A ferramenta foi lançada em abril deste ano
Por Bolsa Brasileira de Mercadorias BBM
12/06/2019

Bolsa Agro CPR marca presença no Conacredi 2019

A ferramenta foi lançada em abril deste ano
Por Bolsa Brasileira de Mercadorias BBM
12/06/2019

O Conacredi 2019, reuniu na última terça-feira (11) em São Paulo (SP), profissionais de diferentes partes do país que concedem crédito ao agronegócio. O Conacredi é único evento nacional nesses moldes que oferece ao público discussões de alto nível e networking qualificado com os tomadores de decisão C-level e alta gerência.

 

Este ano, praticamente às vésperas do anúncio do Plano Safra 2019/2020, o evento debateu as questões mais latentes do mercado, focando na diminuição e mitigação de riscos, maximização de dividendos e recuperação de crédito, além de apresentar novas ferramentas, plataformas inovadoras e soluções tecnológicas, com conhecimento aplicado. No público, indústrias de defensivos, fertilizantes e sementes, tradings, bancos, securitizadoras, fundos de investimentos, seguradoras, gestores de fundos, resseguradoras, corretoras, e cooperativas que concedem crédito. Cerca de 250 profissionais acompanharam a edição deste ano. 

 

A abertura do Congresso Nacional de Crédito no Agronegócio ficou a cargo do Alexandre Mendonça de Barros, sócio da MB Agro e especialista em agronegócio, que abordou, desde a peste suína africana da China até o atual cenário econômico do Brasil e o futuro do setor de crédito rural. “O setor privado vai ter uma participação crescente neste tipo de financiamento. Estamos em um ano de grande volatilidade cambial, precificação de frete, incerteza com a safra americana, guerra comercial, além da peste suína africana na China. Diante desse contexto, é fundamental ter uma clareza de visão sobre qual é o modelo de crédito que nós vamos rodar na próxima safra”, destacou.

 

A Bolsa Brasileira de Mercadorias esteve presente no Conacredi 2019 com um estande em parceria com Seges Agro, divulgando a plataforma Bolsa Agro CPR, para emissão e registro de títulos do agronegócio. A ferramenta foi lançada em abril deste ano e permite que empresas e outros agentes que financiam os produtores rurais e cooperativas por antecipação de recursos e insumos, tenham a segurança na formalização dos negócios com documentos de elevada qualidade técnica e jurídica.

 

Da esquerda para direita: Mauro Sampaio, Ademiro Vian, Carlos Widonsck, e Cesar Costa

 

“A Cédula de Produto Rural (CPR) é um papel com um potencial dinâmico muito grande e com uma série de sofisticações na sua geração. A ferramenta Bolsa Agro CPR trabalha com registros de garantias e conta com expertise na composição dos documentos, com possibilidade de assinatura digital e eletrônica”, explicou Mauro Sampaio, desenvolvedor da plataforma e diretor executivo da e-Xyon, empresa com participação acionária na Seges.

Últimos Posts